Durante a última semana, a Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor (NAACP) se dedicou inteiramente à celebração dos cidadãos afro-americanos mais influentes do cinema, televisão, música e literatura. Os vencedores de sua premiação anual, a NAACP Image Awards, começaram a ser revelados na segunda-feira (22) de forma online, formando uma longa lista que foi finalizada apenas no sábado (27).

A última noite foi celebrada em uma cerimônia televisiva que contou com a participação de personalidades como Michelle ObamaAlicia KeysCynthia ErivoRegina King e Lin-Manuel Miranda. O evento aproveitou para prestar homenagem a Eddie Murphy, que recebeu a honraria Hall of Fame, e a outras celebridades como LeBron James.

Entre os vencedores, Viola Davis brilhou em duas grandes categorias da premiação: Melhor Atriz em Série de Drama, por “How to get Away with Murder“, e Melhor Atriz em Longa-metragem, por “A Voz Suprema do Blues“.

 

O saudoso Chadwick Boseman também saiu vitorioso em dose dupla. Ele recebeu os prêmios póstumos de Melhor Ator em Longa-metragem por “A Voz Suprema do Blues”, repetindo o feito de todas as premiações desta temporada até agora, e Melhor Ator Coadjuvante em Longa-metragem por “Destacamento Blood“.

A NAACP também concedeu o primeiro prêmio da carreira de Regé-Jean Page, que venceu a categoria de Melhor Ator em Série de Drama por “Bridgerton“. No Instagram, ele compartilhou um vídeo do momento da vitória, dizendo que foi “a maior honra”.

 

A premiação ainda revelou um novo recorde para Beyoncé, que se tornou a artista com a maior quantidade de troféus na história da NAACP Image Awards. Ela venceu quatro das sete categorias em que estava indicada nesta edição, resultando em um total de 22 estatuetas. Antes, a vencedora era Whitney Houston com seus 18 prêmios.

Confira a lista completa de vencedores:

Cinema

Melhor Filme
“Bad Boys para Sempre”

Melhor Atriz em Longa-metragem
Viola Davis, por “A Voz Suprema do Blues”

Melhor Ator em Longa-metragem
Chadwick Boseman, por “A Voz Suprema do Blues”

Melhor Ator Coadjuvante em Longa-metragem
Chadwick Boseman, por “Destacamento Blood”

Melhor Atriz Coadjuvante em Longa-metragem
Phylicia Rashad, por “Uma invenção de Natal”

Melhor Elenco de Longa-metragem
“A Voz Suprema do Blues”

Melhor Desempenho e Inovação em Longa-metragem
Madalen Mills, por “Uma invenção de Natal”

Melhor Progresso Criativo em Longa-metragem
Nadia Hallgren, por “Minha História”

Melhor Filme Independente
“O Banqueiro”

Melhor Filme Internacional
“Night of the Kings”

Melhor Roteiro de Longa-metragem
Radha Blank, por “The Forty-Year-Old Version”

Melhor Direção de Longa-metragem
Gina Prince-Bythewood, por “The Old Guard”

Melhor Longa-metragem de Animação
“Soul”

Melhor Documentário
“John Lewis: Good Trouble”

Melhor Curta-metragem em Live Action
Black Boy Joy

Melhor Curta Metragem de Animação
“Canvas”

Melhor Dublagem em Longa-metragem
Jamie Foxx, por “Soul”

Televisão

Melhor Série de Drama
“Power Book II: Ghost”

Melhor Série de Comédia
“Insecure”

Melhor Talk-show
“Red Table Talk”

Melhor Reality Show ou Game Show
“Celebrity Family Feud”

Melhor Programa de Variedades
“Verzuz”

Melhor Série ou Especial Informativo
“The New York Times Presents The Killing of Breonna Taylor”

Melhor Programa Infantil
“Family Reunion”

Melhor Série de Animação
“Doc McStuffins”

Melhor Ator em Série de Drama
Regé-Jean Page, por “Bridgerton”

Melhor Atriz em Série de Drama
Viola Davis, por “How to Get Away with Murder”

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama
Clifford “Method Man” Smith, por “Power Book II: Ghost”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama
Mary J. Blige, por “Power Book II: Ghost”

Melhor Atriz em Série de Comédia
Issa Rae, por “Insecure”

Melhor Ator em Série de Comédia
Anthony Anderson, por “Black-ish”

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia
Deon Cole, por “Black-ish”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia
Marsai Martin, por “Black-ish”

Melhor Performance de Ator Mirim em Série, Especial, Filme para Televisão ou Minissérie)
Marsai Martin, por “Black-ish”

Melhor Roteiro de Série de Comédia
Michaela Coel, por “I May Destroy You” – Ep. 12 “Ego Death”

Melhor Roteiro de Série de Drama
Attica Locke, por “Little Fires Everywhere” – Ep. 104 “The Spider Web”

Melhor Roteiro em Filme para Televisão ou Especial
Geri Cole, por “The Power of We: A Sesame Street Special”

Melhor Direção de Série de Comédia
Anya Adams, por “Black-ish” – Ep. 611 “Hair Day”

Melhor Direção de Série de Drama
Hanelle Culpepper, por “Star Trek: Picard” – Ep. 101 “Remembrance”

Melhor Direção de Série de Filme para Televisão ou Especial
Eugene Ashe, por “Sylvie’s Love”

Melhor Série de Curta-metragem – Comédia ou Drama
“#FreeRayshawn”

Melhor Performance em Série de Curta-metragem
Laurence Fishburne – #FreeRayshawn

Melhor Série de Curta-metragem – Real ou Não-ficção
“Between The Scenes”, do The Daily Show with Trevor Noah

Melhor Documentário Televisivo, Seriado ou Especial
“The Last Dance”

Melhor Dublagem para Televisão
Laya DeLeon Hayes, por “Doc McStuffins”

Melhor Filme para Televisão, Minissérie ou Especial de Drama
“Self Made: A Vida e História de Madam C.J. Walker”

Melhor Ator em Filme para Televisão, Minissérie ou Especial de Drama
Blair Underwood, por “Self Made: A Vida e História de Madam C.J. Walker”

Melhor Atriz em Filme para Televisão, Minissérie ou Especial de Drama
Octavia Spencer, por “Self Made: A Vida e História de Madam C.J. Walker”

Melhor Apresentador de Talk-show ou Programa Informativo
Trevor Noah, por “The Daily Show with Trevor Noah”

Melhor Apresentador de Reality Show, Game Show ou Programa de Variedades
Steve Harvey, por “Celebrity Family Feud”

Melhor Ator Convidado em Série de Drama ou de Comédia
Loretta Devine, por “P-Valley”

Melhor Progresso Criativo para Programa Televisivo
Raynelle Swilling, por “Cherish the Day”

Música

Melhor Artista Feminina
Beyoncé, por “Black Parade”

Melhor Artista Masculino
Drake, por “Laugh Now, Cry Later”

Melhor Duo, Grupo ou Colaboração (Tradicional)
Chloe x Halle, por “Wonder What She Thinks Of Me”

Melhor Duo, Grupo ou Colaboração (Contemporâneo)
Megan Thee Stallion feat. Beyoncé, por “Savage Remix”

Melhor Álbum
“Chilombo”, de Jhené Aiko

Melhor Música de Soul ou R&B
“Do It”, de Chloe x Halle

Melhor Música de Rap ou Hip Hop
“Savage Remix” – Megan Thee Stallion feat. Beyoncé

Artista Revelação
Doja Cat, por “Say So”

Produtor do Ano
Hit-Boy

Melhor Videoclipe ou Álbum Visual
“Brown Skin Girl”, de Beyonce’ feat WizKid, SAINt JHN e Blue Ivy Carter

Melhor Trilha Sonora ou Álbum de Compilados
“Soul original motion picture soundtrack”, de Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste e Tom MacDougall

Melhor Canção Gospel ou Cristã
“Touch From You”, de Tamela Mann

Melhor Álbum Gospel ou Cristão
“The Return”, de The Clark Sisters

Melhor Álbum Instrumental de Jazz
“Music from and Inspired by Soul”, de Jon Batiste

Melhor Álbum Vocal de Jazz
“Holy Room – Live at Alte Oper”, de Somi

Melhor Música Internacional
“Lockdown”, de Original Koffee

Literatura

Melhor Livro de Ficção
“The Awkward Black Man”, de Walter Mosley

Melhor Livro de Não-ficção
“A Promised Land”, de Barack Obama

Melhor Estreia de Autor
“We’re Better Than This”, de Elijah Cummings

Melhor Biografia ou Autobiografia
“The Dead Are Arising”, de Les Payne e Tamara Payne

Melhor Livro Instrucional
“Vegetable Kingdom”, de Bryant Terry

Melhor Livro de Poesia
“The Age of Phillis”, de Honorée Jeffers

Melhor Livro Infantil
“She Was the First!: The Trailblazing Life of Shirley Chisholm”, de Katheryn Russell-Brown e Eric Velasquez

Melhor Livro Infanto-juvenil
“Before the Ever After”, de Jacqueline Woodson